24.09.2019  Sem categoria

Tecnologia e Educação

A tecnologia na educação pode não ser uma novidade, afinal podemos citar como tecnologias: quadro negro, retroprojetor, fotocópia, mimeógrafo, entre outros. Entretanto, as tecnologias de hoje democratizam o conhecimento e potencializam o aprendizado no nível individual ou em grupo. 

O mundo está ultra conectado: valores, culturas, pesquisas e aprendizados convivem em sinergia na web. Temos acesso às melhores práticas e melhores conteúdos sobre qualquer tema na tela do nosso celular. Isso transcende para o mundo físico, onde novas tecnologias surgem para facilitar o aprendizado e aumentar o engajamento dos alunos. A BNCC (Base Nacional Comum Curricular), que entra oficialmente em vigência em 2020, trata da tecnologia como uma espinha dorsal, sendo transversal entre todos os tipos de conhecimento. Ou seja, é uma ferramenta de apoio e não o fim específico. De nada adianta termos uma tecnologia que não tenha um conteúdo relevante e que não represente alguma transformação. O mundo tech gera uma constante evolução na sociedade, nas escolas e no mercado de trabalho.

Já falamos nesse blog do conceito de Lifelong Learning, que trata da necessidade de nos mantermos conectados ao conhecimento, e aptos a responder as demandas que são cada vez mais mutáveis com o passar dos anos. Os conhecimentos adquiridos na escola ou na universidade não são os últimos que você deve se preocupar em captar. Isso inclui principalmente a formação continuada daqueles que nos ensinam: os professores.

As tecnologias, além de apoiar os educadores com ferramentas de engajamento e aprendizagem, também facilitam sua formação recorrente. Os professores da Talken reuniram algumas dicas sobre como eles se mantêm atualizados, confira:

#1

Ser membro do Braz-TESOL, a maior associação de professores de inglês do Brasil, nos ajuda a estarmos sempre atualizados e informados sobre eventos e cursos que acontecem em todo o Brasil. Além disso, acompanhar o trabalho de profissionais renomados ficou muito mais fácil com o acesso ao Instagram, possibilitando uma grande troca de estratégias, dicas e ideias com professores do mundo todo, como por exemplo @ask_teacherwill, @englishwithjd, @vinnienobre, @activeenglishforkids, @brelt.br.

Podcasts ajudam muito a manter contato com o inglês fora da sala de aula, existem diversos canais voltados ao ensino de inglês como por exemplo: Teacher Talking Time, Teacher Room Talk, The James Rice Show; além de outros sobre assuntos diversos como o TED Talks Daily, Overheard at National Geographic, Economist Radio. Há também alguns blogs que trazem conteúdo relevante e inspirador como o Cult of Pedagogy e Teach Thought.

(Dicas da Teacher Jenifer Ambrozini)

#2

Manter o contato diário com o idioma é muito importante. Para todo professor a leitura ativa é essencial para a busca de exemplos dos tópicos que discutimos em sala de aula. Para me manter atualizado, faço uso dos sites: Howstuffworks.com e Times.com

(Dicas do Teacher Gustavo Kunde)

#3

Uma das melhores maneiras de se manter atualizado para poder ensinar é assistir webinars para professores de inglês. Gosto bastante dos webinars do British Council e os do Cambridge English. Um ponto positivo é que eles são na maioria gratuitos. Outra maneira muito bacana é ler revistas online que trazem sugestões de livros, recursos, e muitas outras atualidades que podem ser incorporadas às suas aulas. Gosto muito do EFL Magazine e do Teaching English. Existem muitos blogs interessantes que podem ser muito úteis e motivadores.

(Dicas do Teacher Sandro Carvalho)

Os professores Talken estão em constante atualização para que, ao ensinar o inglês autêntico, possam contextualizar as aplicações do mundo real com o aprendizado da língua.

ASSINE NOSSO NEWSLETTER